DOMINGO DE CARNAVAL

José Roberto Del Valle Gaspar

DOMINGO DE CARNAVAL

Muzambinho amanheceu com o sol tímido neste domingo de carnaval, que, no entanto, progressivamente, vai energizando os foliões para um novo dia.

Os da república dos paulistas, hoje já não acordaram cedo, a noitada, certamente, foi mais agitada, consumiu mais energia, exigindo um descanso mais prolongado.

Onze horas, abriram o som, “Funk”, depois, “Pagode”, para acordar a galera da ressaca, os prostrados ao chão, sem reação.

O pagode ouvido fala de sentimento, que para eles deve ser de dor de cabeça, dor no estômago, mas, deixando a brincadeira de lado, o ser humano é realmente movido por sentimentos.

O sentimento da liberdade é mais importante, pois sem liberdade não se vive a vida intensamente, e Minas é o berço da liberdade.

O carnaval segue seu ritmo, é só o começo, ainda tem muito pela frente.

No carnaval, somos embalados pelo som das galeras que se fazem presentes na cidade, não por escolha, mas é um período diferente, e, quando vão embora, fica a ressonância vibrante de suas estadas.

Agora deram um tempo, cortaram o som, e saíram, provavelmente para o alimentamento que o corpo exige.

Assim, apesar dos sobressaltos noturnos pontuais, próprios das urbes carnavalescas, resta a energia positiva que se deixa, pois como se diz: “o alto astral contagia”, e isso eles têm de sobra.

E a grande festa, símbolo da liberdade reinante, segue!

 

José Roberto Del Valle Gaspar

Muzambinho/MG, 19/02/2012

Anúncios

Sobre Del Valle
Um pensador social

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: